segunda-feira, 9 de março de 2009

Confusão...


O que se passa com as edições em papel do Diário de Noticias regional???

Está uma completa confusão......



É que segunda de manhã, uma pessoa ainda esta atordoada, e vÊ o Diário todo torto, fica pior que tonto....


1 comentário:

  1. Nautilus9/3/09 21:01

    Olá

    Estou aqui para dar a mão à palmatória... ou se preferires, o braço a torcer... escolhe!!!
    Efectivamente tinhas razão, o Resort da Quinta do Lord está a ser implantado numa zona da reserva natural, aliás, este caso não é filho unico... tens mais dois, pelo menos... para não falar do Colombo`s Resort que é um autentico mamaraxo plantado à beira mar no Porto Santo!
    Bom, mas para que não vejas o Diario de Noticias Regional todo torto, aqui te deixo a noticia referente ao caso mencionado que saiu hoje no Diario de Noticias Cubano... lol


    Ambientalistas contra teleférico do Rabaçal


    LÍLIA BERNARDES
    Madeira. Providência cautelar contra a obra avança esta semana

    Associações denunciam três obras fora da lei em curso da ilha

    A Quercus e a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal (APEF) vão dar entrada no Tribunal Administrativo do Funchal de uma acção contra a construção do teleférico do Rabaçal, em plena floresta laurissilva (Património Mundial Natural da Unesco, Reserva Biogenética do Conselho da Europa e Sítio da Rede Natura 2000), confirmou ao DN Raimundo Quintal, presidente da APEF.

    O teleférico do Rabaçal é só mais um dos muitos casos que o ambientalista tem vindo a denunciar a nível internacional. Neste âmbito inclui-se o radar do Pico do Areeiro e o projecto da Quinta do Lorde no Caniçal. O Pico da Piedade é "um geomonumento" localizado na Ponta de São Lourenço. Segundo o Decreto Legislativo Regional nº 11/85/M, que estabelece medidas preventivas, disciplinares e de preservação relativas ao Parque Natural da Madeira, "revela-se particularmente importante não fazer obras de construções que possam provocar alterações no meio físico e ambiente em toda a sua área". Ora, alerta, "a leste do cone vulcânico encimado pela capela da Senhora da Piedade, em pleno Parque Natural da Madeira, está a crescer um bairro com uma densidade de construção e um impacto paisagístico incompatíveis com o prescrito na lei". Aterrorizado com o "monstro que devorou a Quinta do Lorde", o ex-vereador do Ambiente da Câmara Municipal do Funchal advoga que "o Ministério Público já deveria ter actuado", uma vez que o projecto virtual que está a ser vendido na promoção do empreedimento não só não corresponde à realidade no terreno como viola a legislação em vigor.

    "É preciso alertar a opinião pública para o que estão a fazer ao património da Madeira" e questionar as entidades quanto às razões por que ainda não entregaram o plano de gestão dos sítios da rede Natura 2000 da região da Macarronésia cujo prazo terminou em Dezembro de 2007.

    "Portugal já foi advertido pela Comissão Europeia devido ao incumprimento das regiões autónomas. Só depois destas apresentarem o que lhes é exigido é que estas zonas podem ser consideradas especiais", sublinhou o mesmo responsável. Entretanto, "vai-se destruindo, tal como aconteceu no Porto Santo com o Colombo's Resort que violou o PDM e Plano de Ordenamento da Orla Costeira», referiu.

    ResponderEliminar